CTRL+X - Quem tira conteúdo da internet?
Busca pelo site
Digite uma palavra
Cursos Oferecidos pela Abraji

RSS - Assine para receber as novidades do site



Abraji
on Google+

13/12/13 - 18h25 -
Organizações internacionais anunciam parceria com Supremo Tribunal Federal para promover a liberdade de expressão no Brasil


Na última quinta-feira (12.dez.2013), o Supremo Tribunal Federal (STF) firmou uma parceria com os relatores especiais para a Liberdade de Expressão da ONU e da OEA (Organização dos Estados Americanos) e com a UNESCO uma parceria sem precedentes para um debate profundo sobre a liberdade de expressão no âmbito do sistema judiciário brasileiro.

O esforço conjunto tem como objetivo oferecer a juízes de todo o Brasil um espaço concreto para discutir questões relacionadas à promoção e proteção da liberdade de expressão, liberdade de imprensa e de informação, levando em conta o debate internacional sobre esses tópicos.

A iniciativa dá atenção especial à segurança dos jornalistas e à luta contra a impunidade, reconhecendo o papel central do Judiciário no enfrentamento desses desafios complexos e urgentes.

Entre as atividades programadas e organizadas, estão um diálogo internacional sobre essas questões e a criação de cursos on-line para juízes interessados em ampliar seu conhecimento nessas áreas.

O presidente do STF, Joaquim Barbosa, frisou a importância da parceria destacando que "a contrapartida da liberdade de expressão e de imprensa será sempre a responsabilidade sobre a manifestação do pensamento. E é precisamente do contraste entre direitos e deveres que emerge o real significado da liberdade de expressão, cujo maior propósito e assegurar a igualdade entre os cidadãos".

De acordo com o relator especial da ONU para a Liberdade de Expressão Frank La Rue, "não há como assegurar liberdade de expressão sem as garantias legais que somente o poder Judiciário pode fazer valer. É por esse motivo que esta cooperação é extremamente relevante."

A relatora especial para a Liberdade de Expressão da Comissão Interamericana de Direitos Humanos, Catalina Botero, destaca que "esta colaboração com o Supremo começou no início de maio, com a participação do ministro Joaquim Barbosa na celebração do Dia Mundial da Liberdade de Expressão, na Costa Rica. Certamente, irá fortalecer um debate sudável sobre padrões internacionais e deve encorajar outras cortes que queiram adotar a mesma estratégia."

Guy Berger, diretor da UNESCO para a Liberdade de Expressão e Desenvolvimento da Mídia, aponta que a iniciativa foi inspirada pelo Plano de Ação das Nações Unidas para a Segurança de Jornalistas e a Questão da Impunidade. O Plano visa fortalecer a contribuição de diversos setores sociais para pôr fim aos assassinatos e intimidações contra jornalistas.

A equipe técnica das instituições envolvida na cooperação se reuniu durante o Fórum Mundial de Direitos Humanos realizado nesta semana em Brasília. Foi discutida a preparação de um plano de ação detalhado para 2014, a ser divulgado nas próximas semanas.



Busca pelo site
E-mail / Usuário

Senha
 
 
   
 

 
 



 



 
 
 






 

INSTITUCIONAL
O que é
Estatuto Social
Diretoria
Comunicados
Parceiros
Privacidade
Copyright
Expediente
SERVIÇOS
Fale conosco
Banco de Currículos
Lista de Discussão
Eventos
NOTÍCIAS
Acesso à informação
RAC
Projeto com estudantes
Noticias da Abraji
Liberdade de expressão
FILIE-SE
Quem pode se filiar?
Quais os benefícios que o sócio da Abraji tem?
Quanto custa?
Como se associar?
 
ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo - [email protected] - (11) 3159-0344 - São Paulo SP